siga o homoludens por email

UFMG EDUCATIVA: entrevista brinquedos e brincadeiras e formação da criança

FAZ ASSIM! CANTORIAS E BRINCADEIRAS INFANTIS

OUÇA AQUI AS PRIMEIRAS MÚSICAS DE NOSSO CD: produção: Claudio Emanuel, Marilza Máximo e Rogério Correia Direção Musical: Silvia Lima e Christiano Souza Oliveira

Faz assim!

Despedida/ Samba mais eu

territorio do brincar

domingo, 26 de junho de 2011

CIESPI E PUC-RIO LANÇAM BASE DE DADOS SOBRE PRIMEIRA INFÂNCIA

bY Adriana Hoffman, rede Cultura da Infância.
Base de Dados Infância e Juventude em Números – Série Primeira Infância

O CIESPI, em convênio com a PUC - Rio, lança a base de indicadores sobre a primeira infância no período de 1999 a 2009.

Os primeiros anos de vida são fundamentais para o desenvolvimento humano. Crianças que têm a oportunidade de desenvolver habilidades cognitivas, sociais e emocionais em boas experiências pré-escolares apresentam, por exemplo, maior facilidade no curso de sua educação escolar posterior. Apesar deste dado, estima-se que 45% das crianças de 0 a 6 anos no Brasil vivem em famílias abaixo da linha da pobreza e têm seu direito ao desenvolvimento integral prejudicado pelas condições precárias de vida.

Pensando na necessidade de se priorizar a primeira infância para construir cidadãos que vivem em igualdade de oportunidades, o CIESPI/PUC-Rio apresenta a atualização da Base de Dados Infância e Juventude em Números. A proposta é subsidiar tanto atores do Sistema de Garantia de Direitos, quanto do poder público e da sociedade civil a concretizar mudanças para este grupo. A base é composta a partir de tabelas e gráficos com informações sobre a primeira infância no país no período de 1999 a 2009. Os gráficos apresentam comentários sobre tópicos como situação de pobreza, condições de saneamento e moradia, frequência escolar, entre outros.



Acesse a Base de Dados pelo site:

www.ciespi.org.br

CIESPI
Compromisso com as infâncias do mundo

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Encontro de Brincantes, o que rolou...

Ontem domingo aconteceu na Lagoa do Nado o 3o Encontro de Brincantes. Compareceram muitos dos profissionais que atuam há anos na Cidade: Wellison Viola e sua companheira Elaine, Eliane, Luis Trópia, JR, Silvania, Marlene e eu. A conversa girou em torno das possíveis ações conjuntas que o grupo poderia realizar enquanto tal. Como muitos dos profissionais atuam há anos junto a projetos e oficinas na secretaria (hoje Fundação) de cultura, fez parte da conversa a retrospectiva histórica das ações que aconteceram no municipio pelo menos nos últimos 15 anos, desde a criação do Centro de Referência da Cultura da Criança, passando pelas atividades junto aos centros culturais, pelas Arenas da Cultura até os dias atuais. O movimento de organização de um grupo de brincantes não é novidade e sofreu movimentos e fluxos e refluxos ao longo destes anos pois foram relatadas varias ações de organização e desmantelamento do grupo.
A primeira motivação para encontro dos brincantes foi a troca de experiências. Na sala cada brincante trouxe um pouco dos seus brinquedos e muitas trocas aconteceram. Na roda de conversa, outros assuntos também foram apresentados como a possibilidade de formalização do grupo e de apresentar um projeto junto a Secretaria Estadual de Cultura, como pesquisas de jogos e brincadeiras junto a grupos culturais do estado. Apresentei a proposta de construção de museu dos brinquedos populares. As ações mais imediatas dos componentes do grupo dizem respeito ao encaminhamento de projeto para Edital da Fundação Municipal de Cultura para realização de cursos e oficinas.
Na minha avaliação o grupo reuniu profissionais da cidade com muita experiência na área e as chances qualquer trabalho produzido por ele ter sucesso e visibilidade são muito grandes.
O próximo encontro está marcado para dia 10 de julho.

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Você conhece o Reggio Children?


Na última sexta, no auditório da Fundação Torino, aconteceu a apresentação do trabalho realizado pela Reggio Children feita por Carla Rinaldi coordenadora da RC e o prefeito da cidade de Regio Emilia(Itália), Graziano Del Rio. É conhecido de todos a experiência e a contribuição que a experiencia desta cidade italiana na Educação das crianças pequenas, principalmente na relação de escuta, de elaboração de pedagogias cuja marca tem sido a consideração da criança como atora e produtora de cultura e o uso de suas várias linguagens para expressar-se. (Ver livro as Cem Linguagens da criança de Loris Malaguzzi).

Reggio Children significa: Centro Internacional para a Defesa e Promoção dos Direitos e Potencial de Todas as Crianças

"Reggio Children é uma parceria público-privada empresa mista que a Prefeitura de Reggio Emilia (Itália) juntamente com outros indivíduos interessados, decidiu criar em 1994 para gerir as iniciativas de intercâmbio cultural e pedagógico que já vinham ocorrendo há
muitos anos entre os serviços municipais de infância e um grande número de professores e pesquisadores de todo o mundo.O projeto educacional desenvolvido e praticado na cidade, Centros de criança e pré-escolas de Reggio Emilia, procura proteger e comunicar a riqueza do conhecimento desenvolvido no âmbito desta experiência.




Entre os objetivos destacam:

- comunicar uma ideia forte de infância e de direitos da criança, potencialidades e recursos, que muitas vezes são despercebidas ou negligenciadas;



- promover estudos, pesquisas e experimentação na educação, com especial ênfase na criatividade das crianças e activa, construtiva, os processos de aprendizagem;

- promover o avanço do profissionalismo e da cultura dos professores, promovendo uma maior consciência do valor do trabalho colegial e de relações significativas com as crianças e suas famílias;

- destacar o valor da pesquisa, observação, interpretação e documentação de construção do conhecimento das crianças e processos de pensamento;

- organizar visitas guiadas para programas educacionais, iniciativas culturais, exposições, seminários, conferências, cursos de desenvolvimento profissional sobre as questões da educação e da cultura da infância.

Se voce pesquisa sobre a infância ou deseja aprender um pouco mais sobre a experiencia da Reggio Emilia, vale a pena visitar o site para avaliar as possibilidades de um intercâmbio, um mestrado ou mesmo uma visita o endereço é:
http://zerosei.comune.re.it/inter/reggiochildren.htm ou de sua representante no Brasil a RED SOLARE: http://redesolarebrasil.blogspot.com/

3o. Encontro de Brincantes de BH: Entrevista com JOTAERRE

Sobre o proximo encontro de Brincantes que acontecerá no próximo domingo, dia 19 de junho na Lagoa do Nado, nada mais correto do que conversar com um dos seus organizadores, Jotaerre. Veja em detalhes o que ele nos fala:

Prezado Rogério,

Em respostas às suas perguntas, vou responder que:

Estive sim no primeiro encontro, pq. sou um dos organizadores do encontro, eu e o Thiago Araújo – Palhaço Pindaíba. O primeiro encontro foi no Parque Lagoa do Nado no dia 10 de abril de 2011, domingo às 15hs.

O segundo Encontro de Brincantes da Lagoa do Nado, foi realizado no dia 15 de maio de 2011, sempre nos domingos na parte da tarde, às 15hs.

O terceiro encontro está marcado p. este final de semana, próximo domingo, 19/06.


Quanto as propostas, são muitas e ainda em andamento:

Propostas:

- organização do grupo de brincantes

- cultura da criança e patrimônio cultural imaterial

- pesquisas em brinquedos e brincadeiras e cultura popular em Minas

- projetos em leis de incentivo, municipal, estadual e federal

- profissionalização da atividade do ato de brincar

- criação de site ou blog, entre outros.



Estamos gravando depoimentos, opiniões de participantes do grupo, sobre o ato de brincar.

Este grupo já se reuniu na Lagoa do Nado, sob a organização e coordenação do Centro Cultural Lagoa do Nado na década de 90, ficou parado por muito tempo e agora, estamos retomando a discussão.

Se vc. for no próximo encontro, vai poder dialogar com brincantes que participaram das reuniões na década de 90 e poderá gravar depoimentos com os mesmos p. colocar no seu Blog.


O ponto de encontro na Lagoa do Nado é sempre na Biblioteca do Centro de Cultura.

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Aconteceu: a UNA GLOBAL BIENNIAL CONFERENCE: construção de comunidades pacíficas e a primeira infância: Amsterdã


Entre os dias 12 e 14 de maio passado aconteceu em Amsterdam, Holanda a Conferencia internacional Bianual da UNA cujo tema tratou da construção de comunidades pacíficas tendo a primeira infância como foco de discussão. Segundo explica o proprio site da conferência: "Esta conferência internacional teve como objetivos explorar o poder da primeira infância como uma força para reduzir as divisões raciais e étnicas e as comunidades pacíficas. Ele irá proporcionar um fórum exclusivo para profissionais, pesquisadores e formuladores de políticas para aprender uns com os outros sobre os últimos desenvolvimentos na investigação e na prática de todo o mundo".

A conferência teve foco entre outras coisas, na compreensão de como programas de primeira infância podem contribuir para os esforços para superar as divisões comuns e construir sociedades socialmente inclusivas. As sessões estavam voltadas para a inclusão de diversos públicos:

aos formuladores de políticas públicas;
aos profissionais da infância
aso Investigadores da 1a infância

A conferência teve participação de trabalhos de pesquisadores de vários países como Israel, Irlanda do Norte, Grã Bretanha, India e do Brasil o professor Luiz Alberto Gonçalves da UFMG, atualmente consultor do MEC na discussão sobre a infância e diversidade cultural. Mais informações podem ser adquiridas no site Una Global biennial

Sobre a UNA
A conferência é organizada pela Una: A Iniciativa Global de Aprendizagem da Criança e diversidade étnica. Somos uma rede global, inter-disciplinar dos principais pesquisadores e profissionais empenhados em reduzir as divisões raciais e étnicas e construção de comunidades socialmente inclusiva, através da promoção de programas eficazes de infância. Nós compartilhamos o compromisso de garantir que todo o trabalho que fazemos é para crianças baseada nos direitos, os resultados focados e evidências.

terça-feira, 7 de junho de 2011

PALESTRA: LA ESPERIENZA DIDATTICA E PEDAGOGICA DI REGGIO CHILDREN NA CASA FIAT- BH

Convite: palestra sobre a experiencia das Escolas de Educação Infantil da Reggio Emília, na Casa Fiat de Cultura. Sexta-feira, 14:30 h

A palestra é parte da agenda da delegação italiana na cidade de Belo Horizonte, num projeto de parcerias e intercâmbios entre as escolas italianas e as de BH.

Endereço: rua jornalista Djalma Andrade, 1250, Belvedere.

quarta-feira, 1 de junho de 2011

O NEPEI convida para a palestra: INFÂNCIA, PARTICIPAÇÃO E APRENDIZAGENS DE CRIANÇAS INDÍGENAS

Olá para todos,
na próxima segunda-feira, dia 6 de junho, farei uma palestra no NEPEI (Núcleo de Estudos sobre Infância e Educação Infantil)na Faculdade de Educação UFMG sobre a minha tese, defendida em fevereiro deste ano. O titulo da palestra é o mesmo da tese: CIRCULANDO COM OS MENINOS: INFÂNCIA, PARTICIPAÇÃO E APRENDIZAGENS DE MENINOS INDÍGENAS.

Quem quiser dar uma olhada no resumo da pesquisa é só CLICAR AQUI
06 de Junho de 2011, às 9h

Local: Auditório Luiz Pompeu, FaE - UFMG

Brincantes do Brasil: Entrevista com Lydia Hortélio by Almanaque Brasil

Brincantes do Brasil: Entrevista com Lydia Hortélio parte 2 by Amanaque Brasil