siga o homoludens por email

UFMG EDUCATIVA: entrevista brinquedos e brincadeiras e formação da criança

FAZ ASSIM! CANTORIAS E BRINCADEIRAS INFANTIS

OUÇA AQUI AS PRIMEIRAS MÚSICAS DE NOSSO CD: produção: Claudio Emanuel, Marilza Máximo e Rogério Correia Direção Musical: Silvia Lima e Christiano Souza Oliveira

Faz assim!

Despedida/ Samba mais eu

territorio do brincar

sábado, 28 de fevereiro de 2009

curso: Antropologia da infância

Publicado por Angela Nunes em 19/02/2009
Grupo: Antropologia da Infância e da Criança" antr-infancia-crianca@googlegroups.com

Proposta

Introduzir os mais recentes estudos antropológicos e sociológicos sobre crianças e infâncias é o objetivo deste curso, que vai apresentar pesquisas com crianças de diferentes culturas e os principais teóricos da área, entre eles, Mead, James & Prout, Qvortrup, Mouritsen, Corsaro, Sarmento e Sirota. Os encontros podem contribuir para as reflexões e pesquisas na área e para a construção de novos paradigmas em diálogo com a educação.

conteúdo
. Ciências Sociais e Infância: definições, teorias e pesquisas
. Crianças como construtoras de culturas e culturas infantis
. Elementos para uma sociologia da infância e antropologia das crianças
. O desaparecimento da infância, o futuro da infância, etnografia e pesquisas com crianças

carga horária: 30h

data : 10 encontros, às segundas; início: 09/03 término: 25/05 horário: 19h às 22h

vagas
30

professores
Adriana Friedmann, doutoranda em Antropologia pela PUC, mestre em metodologia do ensino pela UNICAMP, pedagoga pela USP, co-fundadora da Aliança pela Infância, coordenadora e docente do curso de pós-graduação em Educação Lúdica ISE Vera Cruz, autora de livros na área do brincar e da infância.
valor

individual
R$ 600,00matrícula R$ 180,00mensalidade de 3 x R$ 140,00
3 pessoas (cada)
R$ 550,00 matrícula R$ 160,00mensalidade de 3 x R$ 130,00
Mais informações:
http://www.veracruz.edu.br/?frame=paginas.php&id=160&unidade=4

CEVEC - Centro de Estudos Educacionais

Rua Baumann 73
05318 000 São Paulo SP
tel 11 3838 5992
fax 11 3838 5991

mailto:%20cevec@veracruz.edu.br
horário de atendimento
13h às 22h

Simposio em Buenos Aires analisa a participação das crianças e adolecentes em contextos educativos

Publicado por Maria Rosario G. Carvalho (UFBA) em 19/02/2009

Grupo: antropologia da infancia e da criança antr-infancia-crianca@googlegroups.com

Simpósio InternacionalEncontros etnográficos com crianças e adolescentes em contextos educativosBuenos Aires – Argentina5 e 6 de novembro de 2009 Centro de Antropología Social - Instituto de Desarrollo Económico ySocialAráoz 2838 – Ciudad de Buenos Aires


O simpósio pretende reunir trabalhos etnográficos que descrevam como as crianças e os/as adolescentes, em contextos educativos formais e informais, utilizam sua agência para se envolver nas dinâmicas sociais, políticas e culturais dos diversos cenários educativos em que participam. Entendemos esses cenários como imersos dentro de um mundo pós-colonial – que se sustenta por uma economia política globalizada(Castells, 2000a) - e onde as vidas cotidianas emergem atravessadas por uma diversidade de mundos culturais, mediados pelas dinâmicas sociais da diferença, da desigualdade e da desconexão (GarcíaCanclini, 2004). Dentro das formas de diversidade cultural existentes (gênero, sexualidade, etnicidade, geração, classe social, deficiência físicas etc.) existem numerosas práticas que promovem formas variadas de negociação e procuram superar as formas de poder e autoridade existentes e se orientar para políticas de afinidade (Haraway, 1991;Mouffe, 2005) mais equitativas nos seus modos de interação e comunicação social.Em função da compreensão e exploração do lugar das crianças e os/as adolescentes nestas dinâmicas, trabalharemos com a noção de encontros etnográficos de Johannes Fabian (2007), quem afirma que o “objetivo da antropologia (nós sugerimos também às ciências sociais, incluindo alingüística aplicada) ou seu desafio, é compreender (e demonstrar) a unidade da humanidade… alcançar esse objetivo depende do reconhecimento da presença ou da contemporaneidade das pessoas com quem e quem estudamos” (2007, p.3). No entanto, não resulta suficientemente evidente o lugar que as crianças e os/as adolescentes ocupam nessas dinâmicas, nem em que medida as etnografias anteriores os consideraram seriamente como atores contemporâneos.A literatura – com exceção de alguns estudos significativos – ainda costuma descrever esses atores como recipientes passivos do agenciamento adulto. Este simpósio tentará contribuir a reconhecer o lugar das crianças nos encontros etnográficos, favorecer odesenvolvimento do conhecimento das dinâmicas anteriormentemencionadas e afrontar os desafios metodológicos que a pesquisa com crianças apresenta. O simpósio oferecerá oportunidade para o intercâmbio entre acadêmicos, pesquisadores e profissionais que se preocupam e trabalham com esta abordagem.

Aceitaremos um número de trabalhos limitado (máximo 24), para garantirum alto grau de interação durante os dois dias de trabalho. É indispensável que os resumos mostrem de forma clara sua contribuiçãoteórica e metodológica para a temática proposta neste simpósio.Os integrantes do comitê organizador trabalharão durante o ano 2010 naorganização de um livro que contará com uma quantidade significativados trabalhos apresentados no simpósio e que será publicado em 2011.

Envio de trabalhos: até 30 de fevereiro pelo email: http://br.mc553.mail.yahoo.com/mc/compose?to=encuentrosetnograficos@gmail.com

Conferencia em setembro debate sobre a vida das crianças na Europa

Publicado por Angela Nunes em 21/02/2009



Grupo: Antropologia da Infância e da Criançahttp://groups.google.de/group/antr-infancia-crianca



A 9 ª Conferência da Europeia Sociological Association. Lisboa, Portugal, 2 a 5 de setembro 2009.



A conferência de Lisboa em Setembro oferece uma grande oportunidade para o diálogo eo debate sobre a vida das crianças na Europa. Esperamos que a conferência seja uma oportunidade não só de se concentrar sobre os temas que foram identificados antecipadamente, mas também para explorar novas idéias, questões e preocupações que são relevantes para a sociologia da infância e das crianças.

Temas em debate:

- A vida cotidiana das crianças nas sociedades europeias;

- Cidadania e Participação;

- Infância e dos direitos da criança;

- Trabalho Infantil e atividade econômica;

- O que torna uma 'boa' infância - crianças, saúde, bem estar;

- As questões teóricas e metodológicas na pesquisa Infância e Children's Lives.

mais informações pelo site: www.esa9thconference.com

Chamada de trabalhos VIII RAM GT-09 Antropologia e Educação

Noticia publicada por: Ana Gomes em 19/02/2009
GrupO: antr-infancia-crianca@googlegroups.com

Convidamos todos a participar e a divulgar para os interessados.
Um abraço,
Ana
VIII Reunión de Antropología del Mercosur
"Diversidad y poder en América Latina"Buenos Aires, Argentina29 de septiembre al 2 de octubre de 2009

Invitación a enviar resúmenes
GT9: "Antropología y educación". Diversidad y desigualdad en los nuevos contextos.

Gabriela Czarny http://br.mc553.mail.yahoo.com/mc/compose?to=gacza_2006@yahoo.com.mxAna Maria R. Gomes http://br.mc553.mail.yahoo.com/mc/compose?to=anagomes.bhz@terra.com.br
María Rosa Neufeld http://br.mc553.mail.yahoo.com/mc/compose?to=mneufeld@ciudad.com.ar
El campo temático de articulación entre Antropología y Educación – en desarrollo en América Latina hace ya tres décadas – agrupa actualmente un nutrido y creciente número de investigadores. Desde su inicio, y con peculiaridades que tienen que ver con los contextos nacionales y distintas tradiciones de investigación, se han problematizado los sentidos de la diversidad cultural en los ámbitos educativos, atravesados en nuestro continente por el peso de las relaciones de desigualdad y las políticas estatales. En este grupo de trabajo se esperan contribuciones en torno a estos debates sin perder de vista el contexto en el que se inscriben y por el cual se encuentran atravesados. Proponemos los siguientes ejes:
- Investigaciones que tomen como objeto los múltiples sentidos de infancia y juventud y las políticas sociales vinculadas con niños y jóvenes .
- Investigaciones sobre políticas y prácticas educativas vinculadas con poblaciones indígenas, afroamericanas y de inmigrantes y sus procesos socioculturales de enseñanza y aprendizaje.
- Investigaciones sobre las relaciones de las familias y /o comunidades y/o organizaciones de la sociedad civil con los espacios escolares.
Las coordinadoras realizarán la selección de presentaciones, teniendo en cuenta la pertinencia respecto de las líneas de trabajo propuestas, y el tiempo asignado al trabajo del Grupo.
Recordamos que la convocatoria para presentación de resúmenes se extiende hasta el 30 de Marzo de 2009. Los resúmenes deberán ser enviados por correo electrónico a todos los coordinadores del GT correspondiente, con copia a:
http://br.mc553.mail.yahoo.com/mc/compose?to=gt_ram2009@unsam.edu.ar
y el Asunto/Subject DEBE RESPETAR TEXTUALMENTE EL SIGUIENTE FORMATO:
GT [Número de GT] - RAM (p.e. "GT 9 - RAM") Forma de presentación de los resúmenes: Fuente Times New Roman 12, espaciado simple.Los resúmenes no deberán exceder las 300 palabras y deberán incluir: título de la ponencia, autores y pertenencias institucionales, 3 palabras clave.

Para otras informaciones: ver IV Circular, wwww.ram2009.unsam.edu.ar

sábado, 7 de fevereiro de 2009

carrinho de margarina


Outro dia, buscava um jeito novo de fazer um carrinho quando descobri esta nova possibilidade. Na verdade procurava o que fazer com as embalagens de amaciante de roupas que vinha juntando ha algum tempo. Gosto muito do desenho da embalagem principalmente da haste feita para carregá-la. Este carrinho além de bonito, é bastante resistente, facil de construir e consertar. Pra quem não tem chinelo velho a disposição pode usar a borracha de E.V.A de uma espessura maior (10 mm)voce encontra nas casas que vendem couros (em BH na rua Guarani, bem no centro da cidade).




No video apresento pelo menos duas possibilidades: um carrinho esportivo (rs!) e outro para carregar coisas, onde acrescento em cima do chassi uma embalagem de margarina. Se ainda tiverem dúvida sobre como fazer o carrinho deixem sua pergunta no comentário deste artigo que eu respondo. Assista ao vídeo! Um abraço!

video

Brincantes do Brasil: Entrevista com Lydia Hortélio by Almanaque Brasil

Brincantes do Brasil: Entrevista com Lydia Hortélio parte 2 by Amanaque Brasil