siga o homoludens por email

UFMG EDUCATIVA: entrevista brinquedos e brincadeiras e formação da criança

FAZ ASSIM! CANTORIAS E BRINCADEIRAS INFANTIS

OUÇA AQUI AS PRIMEIRAS MÚSICAS DE NOSSO CD: produção: Claudio Emanuel, Marilza Máximo e Rogério Correia Direção Musical: Silvia Lima e Christiano Souza Oliveira

Faz assim!

Despedida/ Samba mais eu

territorio do brincar

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Semana da Criança em Bh: Maria Cutia, Maria Farinha e Rubinho do Vale no Museu do Brinquedo

Acompanhe aqui a programação do Museu do Brinquedo de Belo Horizonte:

Dia 02 – Sábado – 15h:

Espetáculo Na Roda - Grupo Maria Cutia


Dia 09 – Sábado – 15h:

Palhaço Popó

Muitas estripulias e brincadeiras tomarão conta do Museu dos Brinquedos. O Palhaço Popó chega como quem não quer nada, permanece como quem quer toda alegria e vai embora com toda a tristeza que havia presente. Uma tarde feliz imperdível!

Semana da Criança – de 11 a 16 de outubro
De 11 ao 16 – Segunda a Sábado – 10h às 12h

Oficina Gatos Pingados: Oficinas artístico-culturais irão promover a criação e o desenvolvimento da fantasia e criatividade da criança. Cada dia uma técnica diferente (jardinagem, artesanato, cozinha, etc) usando materiais diversos.

Dia 11 – Segunda – 15h:

Trupe Maria Farinha


Nas asas da imaginação, os contadores de história Sandra Bittencourt e Babu Xavier envolvem crianças e adultos em um mundo de magia, faz de conta e personagens divertidos, com muita música, causos e brincadeiras interativas.


Dia 12 – Terça – 15h:

Espetáculo Musical – Rubinho do Vale


Com seu violão na mão, melodias na ponta da língua e muito amor e alegria no peito, Rubinho do Vale faz seu show musical no museu e traz para todos um pouco da cultura popular mineira.

Dia 16 - Sábado – 15h

Caça ao tesouro

Um mapa com charadas e enigmas levará todos a um super tesouro!!!


Dia 23 - Sábado – 15h:

Show de mágica com Mister Rossi

Coelhos, pombas, cartas, caixas e lenços mágicos criarão uma tarde misteriosa.


Dia 30 – Sábado – 15h:

Show de Brincadeiras com Turma da Dila

Brincadeiras antigas que fazem crianças de todas as idades se divertirem tomam conta do Museu neste dia.

MUSEU DO BRINQUEDO: Av. Afonso Pena, 2564 - Funcionários
Belo Horizonte TEL: 31 3261-3992

Semana da Criança em BH: Grupo Maria Cutia


FONTE: g1globo.com

A Trupe Maria Cutia por meio do teatro e da música vai levar às crianças cantigas e poesias, no espetáculo “Na Roda – um espetáculo brincante”. O grupo que atua há quatro anos usa a prosa e a rima para ‘cantar’ as histórias.

O espetáculo é gratuito e vai ser apresentado na Praça do Trenzinho no Parque Municipal, no centro de Belo Horizonte. A apresentação é no dia 9 de outubro. A entrada é gratuita.

Semana da Criança em BH: oficinas espetáculos no Galpão Cine Horto


Galpão Cine Horto realiza "Semana da Criança no Teatro", em BH
FONTE: g1 globo.com

Iniciativa também traz oficinas gratuitas para crianças e adultos.



"O Galpão Cine Horto realiza até 9 de outubro, a 5ª edição do projeto “Semana da Criança no Teatro”, em Belo Horizonte. A iniciativa, que ocorre desde 2005, oferece ao público infantil e adulto oficinas gratuitas e espetáculos. Atrações e cursos vão ser realizados durante os fins de semana.

Neste ano, o projeto vai explorar o teatro por meio de diferentes formas como a música, os objetos e o movimento das imagens. As oficinas são voltadas para o desenvolvimento de habilidades artísticas. As inscrições são gratuitas, mas o número de vagas é limitado. Interessados devem se inscrever uma hora antes do curso".

Que História é essa?
Na peça infantil “Mas que história é essa?”, dois palhaços contam sobre um encontro entre um pato e a Morte. No espetáculo, os artistas do Grupo Real Fantasia fazem malabarismo, acrobacia e até ilusionismo. O grupo de artistas, que completou 27 anos, é o único em Belo Horizonte que trabalha exclusivamente com teatro infantil.

apresentação de 02 3 03 de outubro: ingressos 10 e 20 reais.

telefones: 31) 3481-5580.

FONTE: g1 globo.com

Passeando pela NET:

Aqui vai a dica de tres sites e blogs interessantes que encontramos na net:

Site: a vaca amarela: arte, literatura,hai-kais, teatro e infância.


Blog: Papo corpóreo: teatro para bebês


http://educadoresbrincantes.blogspot.com: jogos, brinquedos e brincadeiras infantis do brincante Mauro Nascimento.

um abraço

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Nossa participação no II GRUPECI- Rio de Janeiro




Olá,


no inicio do mes de setembro participamos (eu,Levindo, Adriana, Vanessa, Luciano e Zé Alfredo) do II GRUPECI, 2o seminario de grupos de pesquisa sobre a infância. Aconteceu no campus da UERJ, no Rio de Janeiro (8, 9 e 10 de setembro). O encontro foi muito movimentado e reuniu grupos de pesquisa de todo o Brasil. Pesquisadoras conhecidas e que influenciaram a formação de muitos educadores estiveram presentes ou pelo menos seus grupos: Sonia Kramer, Solange Jobim, Anete Abramovich, Tizuko Kishimoto....
Em nossa sessão pudemos conhecer a produção de grupos como o coordenado por Clarice Cohn (laboratório de Estudos e Pesquisas da Criança, da UFSCAR) e o de Rita Ribes (Infância, Midia e Educação, da UERJ).




Assistimos também a apresentação do grupo de pesquisa coordenado por Angela Borba, o NUMPEC.

Muitas questões metodologicas das pesquisas com crianças foram abordadas no encontro:
o retorno das pesquisas para as crianças; o uso do desenho nas pesquisas; homens pesquisando infancia; estratégias de entrada no campo; questões éticas da pesquisa com crianças.





Depois do Encontro a conversa continuou e numa apresentação de Clarice Cohn aqui na UFMG, ontem debatemos sobre o risco da pesquisas sobre a infancia se isolarem dos demais campos do conhecimento, criando mais um universal de estudos (infancia) separando criança de adultos e perdendo força.

um abraço,

Imperdível: Cia Tempo de Brincar em Belo Horizonte espetáculo "Cantigas de Amor para um Coração Pequeno”

Em Belo Horizonte: Conto Sete em Ponto apresenta , com a Cia Tempo de Brincar

Pois é, o grupo de Sao Paulo está aqui em Belo Horizonte nesta semana para uma unica apresentação. outro dia escrevi sobre o grupo falando sobre os brincantes do Brasil. um espetaculo de Elaine Buzato e Walter Silva.

sinopse:

Dois cantadores chegam, trazendo para o público, histórias e canções de encontros e despedidas, de festas na praça e de cartas de amor que foram carregadas na bagagem dos tropeiros, viajando lugares e tempos, construindo a cultura caipira.


Data: 30/09/2010 (quinta-feira) // Horário: 19h
Local: Teatro da Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa (Praça da Liberdade, 21, térreo – Funcionários).
*Convites disponíveis no Instituto Cultural Aletria - Rua São Domingos do Prata, 697, Santo Antônio; Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa - Praça da Liberdade; Livraria Quixote – Rua Fernandes Tourinho, 274, Savassi; Bar Balaio de Gato – Rua Piauí, 1052 – Funcionários; Biblioteca Pública Infantil e Juvenil – Rua Carangola, 288, Santo Antônio; Livraria Mineriana - Rua Paraíba, 1419, Savassi.

fonte: Instituto Aletria

terça-feira, 7 de setembro de 2010

Apresentação de trabalho no II GRUPECI

oLÁ, nesta semana estaremos no Rio de Janeiro, participando do II seminario de grupos de pesquisa em Infancia. GRUPECI, 8, 9 e 10 de setembro agora, 4a, 5a e 6a.
Nosso grupo é o 84, apresentamos na 5a a tarde na mesma sala do grupo de Clarice Cohn e o de Rita Ribes.
Um resumo dos nossos trabalhos:

Coordenadores: José Alfredo Oliveira Debortoli e Ana Maria Rabelo Gomes

Membros já inscritos:
josé alfredo oliveira debortoli; Luciano Silveira Coelho; Vanessa Ferraz Almeida Neves; Levindo Diniz Carvalho; rogerio correia da slva; Adriana Torres Máximo Monteiro;

PROPOSTA,

Propomos aprofundar estudos empíricos e teóricos que possibilitem ampliar a compreensão de contextos e processos de aprendizagem da cultura pelas crianças. Empenhamo-nos em discutir abordagens conceituais e metodológicas que possam favorecer o entendimento de como as crianças, nas suas relações cotidianas, experimentam, aprendem e se constituem culturalmente. Ao problematizar a infância, enfatizamos temas e questões que apontam pensar a relação Educação e Cultura tanto
do ponto de vista escolar, problematizando o ''trato pedagógico'' dos conhecimentos no contexto e cotidiano da instituição Escola, quanto dos processos de aprendizagem da cultura nos mais diversificados tempos e espaços sociais. Interessa-nos compreender formas de participação e engajamento das crianças na prática social. Para tal, buscamos nos aproximar e dialogar com as crianças, problematizando suas relações com os adultos, com as instituições, com os processos de elaboração do conhecimento. Como fundamentação teórica e metodológica, elegemos o diálogo com o Campo da Antropologia, buscando novas concepções, conceitos e alternativas de formular problemas de pesquisa. Enfatizamos, nesse sentido, que são as
questões pertinentes ao Campo da Educação que nos mobilizam investigar e problematizar as experiências de infância. Propomos articular um quadro teórico que nos possibilite descrever, analisar e compreender a prática social.
Assinalamos que tomar como foco a aprendizagem da cultura tem nos provocado buscar uma abordagem da Escola como um dos contextos sociais de educação, relação e formação humana, mas não o único. Assim, ao tematizar a educação em sua dimensão de formação humana e cultural, o foco sobre as práticas educativas
não está restrito ao ensino formal. Interessa-nos aproximar e conhecer distintos espaços socioculturais, estabelecendo diálogos com diferentes sujeitos e comunidades. Buscamos conhecer diferentes tempos e espaços sociais, apontando
caminhos para a constituição de projetos educativos e processos de formação profissional articulados à prática social e à ampliação da partilha de experiências históricas, culturais e sociais. Isso pressupõe problematizar os processos de
transmissão e produção da cultura. Propomos investigar a presença das crianças no espaço social contemporâneo (escola, cidade, arquitetura, ruas,
parques, espaços de lazer, experiências de brincadeiras, comunidades indígenas, instituições, etc.), reconhecendo elementos que as crianças anunciam, tensionando e ressignificando os sentidos das relações, dos espaços e tempos
sociais.

Brincantes do Brasil: Entrevista com Lydia Hortélio by Almanaque Brasil

Brincantes do Brasil: Entrevista com Lydia Hortélio parte 2 by Amanaque Brasil