siga o homoludens por email

UFMG EDUCATIVA: entrevista brinquedos e brincadeiras e formação da criança

FAZ ASSIM! CANTORIAS E BRINCADEIRAS INFANTIS

OUÇA AQUI AS PRIMEIRAS MÚSICAS DE NOSSO CD: produção: Claudio Emanuel, Marilza Máximo e Rogério Correia Direção Musical: Silvia Lima e Christiano Souza Oliveira

Faz assim!

Despedida/ Samba mais eu

territorio do brincar

segunda-feira, 22 de março de 2010

CONFERÊNCIA INTERNACIONAL em março de 2011 na Belgica

PARA UMA ANTROPOLOGIA DA INFÂNCIA E CRIANÇAS.
DIVERSIDADE DO TRABALHO ETNOGRÁFICO E A CONSTRUÇÃO DE UM CAMPO

UNIVERSIDADE DE LIEGE, BELGICA
COORDENDADORES: Élodie RAZY, Charles-Édouard DE SUREMAIN, Véronique PACHE

Durante décadas, a infância e as crianças foram consideradas como um "pequeno sujeito" (Lallemand & Le Moal 1981). É, assim, justifica-se perguntar: "onde tem ido todos os bebês?" (Gottlieb 2000) ou: 'por que não antropólogos como crianças? "(Hirschfeld, 2003). Considerando que os centros de investigação interdisciplinar e redes, estudos culturais, cursos, projetos e reuniões sobre o tema se multiplicam, propomos uma visão crítica de contas antropológico sobre a infância e as crianças. A conferência irá apresentar como este campo desenvolvido em ciências sociais e humanas de acordo com diferentes tradições académicas.

Os trabalhos devem questionar a ligação entre a construção social e simbólica da infância e da construção da "criança-ator": como é a criança em forma e como se constroem em si, qual é a sua posição na sociedade e como pode sua voz ser tidas em conta ?

O envio dos documentos de proposta (em Inglês ou Francês) pela 31 de maio de 2010: 250 palavras (título e 5 palavras-chave incluídas).
contatos: ConfAnthropoChildren2011@hotmail.fr

Nenhum comentário:

Brincantes do Brasil: Entrevista com Lydia Hortélio by Almanaque Brasil

Brincantes do Brasil: Entrevista com Lydia Hortélio parte 2 by Amanaque Brasil